Justiça Estadual Justiça Federal Justiça do Trabalho Assistência Técnica Árbitros, conciliadores e mediadores

CURSO PJE - CÁLCULO CIDADÃO!



LOCAL:  DAYRELL HOTEL/ SALA TURQUOISE ROOM – RUA ESPÍRITO SANTO, 901 – CENTRO – BH/MG

HORÁRIO: DAS 8H ÀS 18H NOS DOIS DIAS, 3 E 4 DE AGOSTO

INSCRIÇÕES: AS INSCRIÇÕES DEVERÃO SER FEITAS MEDIANTE DEPÓSITO NA CONTA DA ASPEJUDI Nº 500.045-4, OPERAÇÃO 003, AGÊNCIA 0620, CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, CNPJ 65.177.396/0001-92.

ASSOCIADOS ASPEJUDI:     R$ 400,00

NÃO ASSOCIADOS:               R$ 600,00

ESTUDANTES:                       R$ 400,00

Nº DE VAGAS:  30.

O curso será pontuado pelo Programa de Educação Profissional Continuada do Conselho Federal de Contabilidade. Serão 16 pontos no total.

OBS.: Enviar comprovante de depósito para o e-mail secretaria@aspejudi.com.br com o nome completo do inscrito, formação, endereço, telefone, endereço eletrônico e comprovante escolar para estudante nível superior. Associados da Aspejudi deverão também identificar-se com o número de registro na associação.  Atenção: O comprovante do depósito é a inscrição. Não há reserva de vagas, porque são limitadas.

 

 

CURSO PJeCALC. CIDADÃO PARA PERITOS E CALCULISTAS

- BELO HORIZONTE/MG -

 

PROFESSOR JOSÉ NUNES PEREIRA FILHO

 

 

IDENTIFICAÇÃO DO CURSO

Nome da ação

PJe-Calc Cidadão

Modalidade

Presencial

Carga horária

16 horas

Local de realização

Dayrell Hotel/Sala Turquoise Room Rua Espírito Santo, 901 Centro BH/MG

Data

3 e 4 de agosto de 2018

Horário

Das 8h às 12h e das 13h às 18h (1º dia) e das 8h às 12h e das 13h às 18h (2º dia)

Nº máximo de Vagas

Até 30 pessoas

 

PÚBLICO-ALVO

Calculistas, peritos contábeis, advogados, servidores e ou terceiros que trabalham na confecção de cálculos trabalhistas no âmbito judicial.

 

IDENTIFICAÇÃO DO PROFESSOR

José Nunes Pereira Filho - Encarregado de Cálculo da 5ª VT de Vitória. Membro do Comitê Gestor Regional do PJe-Calc.

 

OBJETIVOS

A ação tem por objetivo capacitar os advogados, peritos e procuradores na utilização do sistema PJe- Calc Cidadão para a elaboração dos cálculos trabalhistas/liquidação de sentença.

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Dados do cálculo (Dados do Processo do Cálculo); Cadastro de férias e faltas; Lançamento de verbas principais e reflexas; Incidências: Contribuição Social, Imposto de renda, FGTS, Previdência Privada, e Pensão Alimentícia; Ocorrência de verbas; Multas, Indenizações, honorárias e Custas; Correção monetária, juros e multas; Verificação de Pendências (alertas e erros); Importação e importação de cálculos; Relatório de dados, parcelas e resumo de cálculos; Cartão de ponto; Elaboração de cálculos de subsidiárias com base no cálculo da devedora principal; Atualizações e remanescentes.

 

METODOLOGIA

Serão apresentadas todas as funcionalidades do sistema PJe-Calc Cidadão por meio de demonstrações e de exercícios práticos de liquidação de sentença.



Mensagem importante

A Aspejudi promoverá o curso “PJE-CALC Cidadão para Peritos e Calculistas”,  com duração de 16 horas, nos dias 3 e 4 de agosto em Belo Horizonte/MG, sendo que referido curso foi aprovado com 16 pontos para o CNPC do CFC.

 

Esse curso será ministrado pelo Professor José Nunes Pereira Filho que é o gestor do “PJE CALC” no Espírito Santo e possui mais de 16 anos de experiência como encarregado de cálculos da Justiça do Trabalho.

 

Terá como principal objetivo capacitar os profissionais, Peritos, Peritos Assistentes e Calculistas na utilização do PJE-CALC Cidadão para elaboração de cálculos Trabalhistas /liquidação de sentenças, sendo que o curso é 25% teórico e 75% prático.

 

Serão dois dias de curso e o investimento será de quatrocentos reais (R$ 400,00) para associados Aspejudi e estudantes e seiscentos reais (R$ 600,00) para os demais profissionais.

 

Mas temos um fator importante: esse curso só se viabiliza com o mínimo de 25 inscritos, mas, exatamente pela dinâmica do curso, o número máximo de participantes é de 30 alunos.

 

Todos os alunos terão que levar seus notebooks, sendo que antes do curso serão dadas as informações fundamentais para baixarem o programa que será utilizado no modo off, sem internet durante o curso.

 

Por último é importante ressaltar que o “PJE Calc” foi criado a pedido do CNJT com o objetivo de unificar todos os cálculos, sendo que em alguns estados já passou a ser obrigatória a entrega dos cálculos somente no “PJE CALC”.

  

Atenciosamente

 

Presidente Aspejudi


1ª  Vice-Presidente de Cultura Profissional


2º  Vice-Presidente de Cultura Profissional

 

Ilca Lorens

Jornalista 0020061/MG